Casinos Em Portugal

Contrariamente a outros países europeus, a atividade do jogo está fortemente condicionada em Portugal, algo que acaba por se refletir na própria lei do país. De forma geral, toda a atividade relacionada com o jogo está licenciada à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, excetuando os casinos existentes.

Na atualidade, existem 11 casinos físicos em Portugal. A maioria dos quais no litoral, em zonas turísticas. Assim, de sul para norte, temos: Casino de Alvor, na Praia da Rocha, em Portimão; Casino de Vilamoura; Casino de Monte Gordo; Casino de Tróia, o espaço mais recente do país; Casino do Estoril, que é considerado o maior casino da Europa; Casino de Lisboa, um espaço recente e moderno que abriu em 2006, no Parque das Nações (Antiga Expo 98); Casino da Figueira da Foz; Casino da Póvoa; Casino de Espinho; Casino de Chaves, o único casino português situado no interior e finalmente o Casino da Madeira, localizado no Funchal.

Nos casinos portugueses, o jogo é interdito a menores de 18 anos, pelo que a identificação pessoal de um cliente pode ser pedida no momento de entrada. Em cada estabelecimento, está permanentemente um fiscal, da “Inspeção Geral dos Jogos”, por forma a garantir que tudo se processa e acordo com a lei portuguesa.

Quando se fala dos casinos em Portugal, é essencial começar pelo Casino Estoril. Fundado a 16 de Agosto de 1931, o Casino Estoril é hoje o mais antigo e o maior casino da Europa. Este casino fica no Estoril, situado apenas a 18 quilómetros de Lisboa. Faz parte do grupo Estoril Sol, do milionário macaense Stanley Ho, o qual também é proprietário do Casino de Lisboa e do Casino da Póvoa.

Em termos de estrutura, o Casino do Estoril possui dois bares de apoio aos jogos; uma área de relaxamento, chamada D. Lounge, onde atua diariamente uma banda residente; 4 afamados restaurantes: Mandarim, Café São Bento, Zeno Lounge e Buffet In; o famoso Salão Preto e Prata, onde se realizam jantares verdadeiramente únicos; um Auditório e uma conceituada discoteca, a Jézebel. No que ao jogo diz respeito, o Casino do Estoril oferece, aproximadamente 1000 slots machines e jogos de mesa como roleta, Texas Hold’em, Caribbean Stud Poker e Blackjack.

Em termos gerais, todos os casinos portugueses apostam forte nos espetáculos, oferecendo de forma continuada programas de animação que incluem concertos, teatro e musicais.

Outro nome marcante, na história dos casino em Portugal é o Grupo Solverde. Este grupo empresarial foi fundado em 1972 e foca-se essencialmente no turismo, tendo na hotelaria e nos seus três casinos o pilar fundamental de toda a sua estrutura. Os três casinos do grupo Solverde são: Casino de Espinho, Casino de Vilamoura e Casino de Monte Gordo. Estes três espaços distinguem-se pelo seu requinte, uma verdadeira imagem de marca dos espaços deste grupo.

Apesar do número limitado de casinos que existe no nosso país e dos fortes condicionalismos a que estejam sujeitos, por parte de um enquadramento legal demasiado exigente, podemos facilmente afirmar, que Portugal possui alguns dos melhores casinos da Europa.

Leave a Reply